Apoiando o desenvolvimento da linguagem

Mais sobre desenvolvimento da linguagem

No post anterior falamos sobre duas técnicas muito eficazes apoiando o desenvolvimento da linguagem nos nossos filhos.

Vamos relembrar:

  1. Interação responsiva:   estratégia para melhorar a forma como nós interagimos com nossas crianças com a intenção de ajuda-las a se comunicarem melhor.
  2. Ambiente estimulador: são coisas que podemos fazer no dia a dia para estimular a fala da criança.

Ambiente estimulador

Essa abordagem abrange duas técnicas:

  1. Ensino acidental
  2. Solicitação de resposta verbal

Ensino acidental

Aqui, quem começa a interação é a CRIANÇA.

Por exemplo, ela aponta para algum objeto que está fora de seu alcance (uma bola).

Em seguida o adulto inicia o diálogo:

“ O que você quer?

Você quer isto aqui (mostrando o objeto)?

Isto aqui se chama “bola”.

Você consegue falar bola? “

E entrega o objeto para a criança.

Solicitação de resposta verbal

Agora, quem inicia a interação é o ADULTO, fazendo perguntas, emitindo comandos ou instruções que exijam uma resposta específica por parte da criança.

Por exemplo:

  • Vamos brincar com este brinquedo? Como ele se chama?
  • Olha que linda essa flor! Qual é mesmo a cor dela?

Características gerais

Quando pensamos em ambiente estimulador devemos ter em mente que podemos lançar mão de situações rotineiras e fatos corriqueiros para apoiarmos o desenvolvimento da linguagem dos nossos filhos.

Para isso devemos estar presentes e atentos às tentativas de interação das crianças.

Na verdade, é preciso predisposição para travar uma interação intencional e instrutiva com os pequenos.

Você quer ver seu filho se tornando um tagarela? Então, mãos na massa.

Trabalhe apoiando o desenvolvimento da linguagem de sua criança.

Aplique essas técnicas e você verá seu filho se comunicar com mais clareza e eficiência.

Tenho certeza de que você e ele irão se beneficiar muito ao se comunicarem mais e melhor.

Vamos juntos

Espero que você tire proveito das informações que lhe transmiti nesse poste.

Compartilhe com seus amigos nas redes sociais, sei que você conhece pessoas que gostariam de receber essas dicas.

Siga o Alfa Fônico no Instagram e Facebook

Fale com a gente!

 

Referência: 

OLIVEIRA, João Batista Araujo e (org.). Educação infantil: evidências científicas e melhores práticas. Brasília: Instituto Alfa e Beto, 2012.

Deixe uma resposta

Search

+